Publicado por: Elektro | 6 Maio 2009

Tensão Arterial

Tensão e pressão arterial é a mesma coisa?
Qual é a diferença entre tensão alta e tensão baixa?
Causa, sintomas, como distinguir um do outro e como actuar em cada um deles?
E existe alguma contraindicação física quando se manifestam alguns deles, por exemplo, pode uma pessoa fazer esforços grandes com tensão baixa?

Antes de mais esclarecer a diferença entre tensão e pressão arterial.
Não é totalmente consensual, mas a definição que me parece mais válida é que a pressão arterial é a pressão hidráulica que o sangue produz na parede dos vasos arteriais. É como a pressão da água num cano comum, por exemplo. Ela existe para garantir que os vasos mais periféricos e diminutos chamados capilares recebem sangue com uma velocidade (ou perfusão) suficiente para permitir uma adequada troca gasosa e de nutrientes, essencial para os metabolismos celulares.
Tensão é a medida indirecta da pressão tendo em conta todas as estruturas que envolvem as artérias naturalmente (músculos, tecido adiposo, pele).
Ou seja, tensão é o que normalmente medimos através das mangas dos esfigmomanometros (aparelhos de medir a tensão).
Na prática tensão é uma medição suficientemente próxima da pressão para que possamos utilizá-la no dia-a-dia como sendo a pressão arterial.
Em resumo, para a população geral, tensão e pressão arterial são o mesmo, sendo que o termo correcto a utilizar deve ser Tensão Arterial, pois é o que se mede regularmente nas farmácias e consultórios médicos.

A tensão pode estar elevada o que normalmente se considera um factor de risco cardiovascular, pois está provado que contribui para a formação de ateromas e perda de elasticidade das artérias, o que poderá vir a ter consequências graves em termos cardiovasculares, traduzindo-se nos tão conhecidos AVCs (acidentes vasculares cerebrais) e enfartes cardíacos (EAM, enfarte agudo do miocárdio).
Considera-se que existe Hipertensão Arterial (HTA) quando esta se encontra acima de valores estabelecidos (140/90mmHg) em 3 medições em dias diferentes. Sendo que é importante que as medições sejam realizadas com a pessoa sentada, depois de 5 minutos de repouso.
A grande dificuldade da HTA é que, apesar dos riscos que acarreta, é normalmente assintomática. Isto torna a adesão às terapêuticas comportamentais e farmacológicas bastante dificil. Muitas vezes as pessoas só “acordam” quando alguma complicação surge, o que adia o inicio do tratamento para uma altura em que as consequências nefastas já estão presentes…
Eventualmente há pessoas que referem alguns sintomas como cefaleias ou mal-estar, no entanto, parece-me que estes sintomas são sintomas de ansiedade, que apesar de não ser fácil objectivar eu diria que é uma causa de HTA através da somatização das preocupações.
A regra é que não há sintomas!

Por outro lado a Hipotensão (TA sistólica < 90mmHg) não trás geralmente consequências tão graves a longo prazo e as pessoas que têm tensão mais baixa normalmente aprendem a “viver com ela” uma vez que esta é sintomática. O sintoma mais visivel é o desmaio. Reacção do corpo à baixa de perfusão dos órgãos, em particular do cerebro, levando a um “shutdown” defensivo da consciência, por forma a levar o corpo a uma posição mais favorável e a um nível de metabolismo menor, que permita a recuperação da perfusão cerebral. Previamente podem surgir sintomas como tonturas, perda de equilibrio, sensação de desmaio, suores, palidez, palpitações. Alguns destes sinais são uma tentativa de compensação corporal da baixa perfusão.

Não existem contra indicações para a actividade física em nenhum dos casos, pelo contrário.
Na HTA o esforço deverá ser moderado e aeróbico.
Na Hipotensão o exercício pode ajudar a aumentar a TA e a um melhor tónus vascular.

Em termos de actuação, na Hipotensão, deve-se colocar a pessoa deitada, de pernas elevadas. Água com açucar pode ajudar a corrigir duas das causas mais frequentes de desmaio, desidratação e hipoglicémia.
A HTA continuada exige consulta médica para acompanhamento e correcção terapêutica (comportamental e eventualmente farmacológica). No caso de uma crise hipertensiva, quando a tensão arterial sobe subitamente bastante acima do valor basal, a pessoa deve fazer medicação SOS pré-estabelecida pelo médico ou dirigir-se a uma urgência hospitalar.

About these ads

Responses

  1. Obrigado. Es um espectaculo.
    Bugs

  2. Hello Zenite gostei mto do que vi. Parabéns!!!! Abordas os temas de uma forma simples, sintética sem tirar o rigor médico e cientifico.
    Gostava de ver mais artigos publicados. Vai em frente

  3. boa tarde, estou um pouco assustada, pois nao entendo muito bem do assunto, eu fiz as minhas tensoes naquelas balancas de pesos e etc..
    E deu a minha tensao 106/81 e que o normal devia ser 140/90
    O que posso fazer para estar ao normal? E é de preocupar muito?

    • Não se preocupe, a tensão normal é 120/80mmHg e não o valor que referiu!
      140/90mmHg é o valor acima do qual se considera hipertensão!
      Ou seja a sua tensão 106/81 esta muito bem, fique descansada! ;)

  4. Boa tarde. Em primeiro lugar, parabéns pelas informações expostas.
    Gostava que me esclarecessem no seguinte:
    As consequencias da tensao alta sao as mesmas da tensao baixa? Que processo ocorre no organismo quando a tensao é alta e vice-versa?
    A minha tensao é baixa e normalmente sinto-me indisposto, sem energia, tonturaras e a pouco tempo fui a minha medica de familia questionar esse problema que tenho e o que posso fazer para o ultrapassar, ao que ela me respondeu que isso era um problema meu e que tinha que “inventar” qualquer coisa que me ajuda-se a ultrapassa-lo, nao havendo para tal tratamento nem medicaçao, eu confesso que fiquei chocado com as afirmaçoes dela. No entanto existe alguma soluçao para isso? sem ser de ficar de pernas pa o ar, como muitos dizem.
    Obrigado!

    • A hipotensão é muito menos debatida na comunidade médica geral. Talvez porque os casos que necessitam de atenção são muito menos frequentes do que os casos e possíveis complicações de HTA. Isto resulta numa menor informação médica sobre o assunto.

      As consequências a longo prazo da tensão alta e baixa são muito diferentes!!
      É verdade que, em última instância, ambas podem resultar em perfusão sanguínea insuficiente de sangue a órgãos vitais. No entanto, até esta fase limite os mecanismos são totalmente diferentes! (a explicação de algumas das consequências encontra-se no post)

      Assim, o caso que refere é de uma situação de hipotensão sintomática que aparentemente interfere com o seu dia-a-dia.
      Naturalmente há que avaliar e investigar melhor o seu caso, para arranjar uma solução para o seu problema. (que nao passe por andar o dia todo a fazer o pino…)
      Há quanto tempo isto acontece? Tem vindo a agravar? Quando acontece? Sentado ou ao levantar-se?
      É preciso enquadrar bem e perceber melhor a sua hipotensão.
      Por outro lado pode haver alguma outra disfunção do seu organismo (p.ex. anemia).
      Há algumas situações que podem dar hipotensão sintomática: fármacos, alterações metabólicas, alt.s neurológicas ou ser idiopático (da sua própria constituição).
      Tudo isto é preciso equacionar e excluir em consulta.

      O tratamento passará pela definição da causa e sua correcção.
      Pode haver medicamentos que ajudem, mas dependerá da causa da hipotensão.

      Entretanto, posso-lhe dar algumas sugestões que eventualmente o ajudarão:
      1. levantar-se sempre lentamente, da cama ou da posição de sentado;
      2. beber mais líquidos;
      3. se não tiver outros problemas de saúde, reforçar o sal e o açúcar da sua dieta;
      4. tomar café ou comprimidos de venda livre com cafeína ou tónicos para o sistema vascular (pergunte numa farmácia);

      Espero que isto o ajude!
      As melhoras!

  5. gostaria de saber, se a tensao alta tambem pode provocar cansasso, sono, dores de cabeça..a minha medica disse que eu estava com a tesão um pouco alta.

    gostaria se pudessem respoderer para meu e-mail. obrigada

    • a hipertensão regra geral não provoca sintomas.
      eventualmente nas crises hipertensivas (qdo a tensao sobe rapidamente em pouco tempo) pode haver queixas de dor de cabeça com características próprias.
      assim, cansaço e sono não têm relação com a hipertensão.

      por outro lado se a sua médica disse que têm a tensão “um pouco alta”, provavelmente é pq não é nada p se preocupar, mas sim para tomar algumas medidas de alteração do comportamento, nomeadamente,
      – reduzir o sal na comida (cuidado com o pao q regra geral tem muito sal!!)
      – algum desporto regular (2-3x por semana)
      – reduzir, dentro do possível, as causas de stress
      – dormir bem

      olhando p o quadro descreve, eu diria que dormir bem vai ajudar bastante! ;)

  6. Boa noite,

    antes demais parabens pela informação. Ando a fazer pesquisa porque de facto os valores que apresento ja saiem bastante do normal.
    A ultima medição estava com 18 13, dois dias antes 18 11…tenho 34 anos, ja fui ao medico de familia que me mandou fazer exames que ainda nao tenho resposta.
    Ando a tomar comprimidos para baixar a tensao ha uns tres dias mas hoje estavam novamente nos 18 12. Embora a medica tenha dito para nao mdir mais ate lhe entregar os resultados, que so os tenho dentro de 5 dias preocupa-me o que pode acontecer até la.. ja comecei a dieta, deixei cafe e hoje decidi parar de fumar. devo de facto deixar de medir ate nova consulta ou tomar outra atitude?

    muito obrigado

    • Não vale a pena medir tão frequentemente a tensão!
      Os doentes com HTA estabelecida devem medir 2-3x por semana apenas.
      A tensão tem alguma variação circadiana (ao longo do dia) mas a “média diária” tende a variar mais lentamente, por isso não se justifica uma medição muito frequente.

      No seu caso, é novo e tem uma tensão que já é realmente acima dos valores normais, no entanto, há inúmeros factores que pode fazer com que a nossa tensão suba acima do normal apenas num determinado período da nossa vida. Por vezes até podemos achar que andamos tranquilos, mas pode haver algum motivo inconsciente de stress o que será suficiente para elevar as tensão durante esse período.
      Alterar os comportamentos: reduzir sal e café na dieta, parar o tabaco e praticar actividade física regular, é SEMPRE importante!!

      De resto, até mais informações dos exames, não vale a pena preocupar-se com mais nada, nem medir de novo a tensão!
      E mesmo as tensões que refere não são motivo para alarme, mas sim para investigação e eventual actuação ponderada se necessário.

  7. ola tenho o meu cunhado com a tensão a 125/155 e ele acha que não há motivo para preocupações, eu já não penso o mesmo!
    Queria perguntar se realmente há motivo para alarme?
    Ele é uma pessoa muito teimosa e pensa que as coisas só acontecem aos outros.
    Obrigado

    • A tensão arterial é considerada ALTA quando está acima de 140/90 de forma consistente. O que implica ALGUNS RISCOS cardiovasculares acrescidos (ver post).
      O seu cunhado deverá medir a tensão 3x por semana durante algumas semanas para aferir qual o valor típico da sua tensão. Deve medir numa farmácia ou noutro local com instrumento calibrado.
      Se os valores que referiu se mantiverem, tem indicação para intervenção terapêutica que começa por alterações de comportamento (ver resposta a comentário anterior) e pode incluir medicação. Se este for o caso DEVE consultar o seu médico assistente para que sejam feitas a avaliação e acompanhamento adequados!
      As melhoras!

  8. Eu tenho 19 anos e há 3 ou 4 dias para cá tenho tido fortes dores de cabeça e ontem ocorreu.me ir medir a tenção , estava muito baixa 9/8.
    de seguida comi duas peças de fruta e tornei a medir a tensão aumentou para 11/8,
    Ao longo do dia bebi 2 cafés um dele até com limão. Mas as dores de cabeça persistiam, há Hora do jantar tomei um ben-nu-run , as dores abrandaram. Hoje acordei e as dores continuam.
    Sei que tenho de ir ao médico mas tenho medo de ter algo grave.

    • As cefaleias (dores de cabeça) são um tema complexo e pouco objectivo (como muito do que tem a ver com a dor…).
      São de difícil diagnóstico e, por isso, apenas com o que descreves é impossível chegar a alguma conclusão.
      No entanto, parece ser a primeira vez que isso te acontece.
      A duração ainda é curta.
      Referes que cede ao analgésico.
      Estes sinais indicam que pode ser apenas algum desequilibro passageiro ou uma enxaqueca. Não parece ser nada grave.
      Tens te alimentado bem? Andas mais nervosa / ansiosa? Exames?
      Pode experimentar tomar paracetamol (ben-u-ron) 1g 8/8h durante 2-3 dias para ver se passa.
      Se persistir vai ao teu médico de família!
      As melhoras! ;)

  9. Ando a ser medicada para a tensão à cerca de 1 ano. Achei que as tensões estavam normais e deixei de tomar o medicamento à quase 2 meses. Ontem tive uma subida de tensão, sem razão aparente. Os valores subiram 220-130 (tenho 35 anos),fui ao hospital, estava com muitíssimas dores de cabeça e tonturas. Fui medicada e regressei a casa. A minha questão é a seguinte, depois de um episódio destes e a tensão retornando aos valores normais, é normal continuar com dores de cabeça e tonturas? será que houve alguma consequência para o organismo? Agradeço desde já toda a ajuda que me possam dar.

    • a tensao arterial raramente é sintomatica, no entanto os valores que refere sao bastante acima do normal.
      enquadram-se na chamada Crise Hipertensiva, que é uma urgencia médica e por isso justifica a ida a um serviço de urgência.

      de qq forma o esclarecimento da sua situacao deve ser feito pelo seu medico assistente / de familia que a poderá avaliar melhor, no seu todo.
      (quando estamos doentes, nao podemos olhar apenas p um valor alterado, mas p a pessoa no seu conjunto!)

      o principal neste momento é
      1. controlar a sua tensao p valores perto da normalidade
      2. descobrir qual a origem desta tensao elevada

      com 35 anos é uma mulher jovem.
      as causas mais frequentes que podem contribuir para quadros como este são o stress, preocupacoes no emprego, na vida pessoal.
      no entanto, pode se justicar despistar algumas alterações orgânicas que podem causa esta situação.

      indicacoes uteis sao,
      regular os seus sonos,
      achar solucoes para as causas de stress,
      relaxar,
      praticar desporto aerobico.

      sera util medir a tensao 2 vezes por semana para permitir avaliar a evolucao.
      registe em papel e apresente ao seu medico.

  10. Olá! Antes demais obrigada pelos esclarecimentos.
    Sempre tive a tensão relativamente alta 14 – 9.
    Mas ultimamente devido a alguns problemas, penso eu.. esta além destes 14-9 por vezes quando me enervo, passa logo para 15-10, ou 16 -10,5. Depois volta aos 14-9 ou às vezes 13-8.
    Foi-me dito q era extremamente perigoso. Se andar bem disposta esta anda mais ou menos, mas sempre q falo mais alto, ou reajo a algo dá nisto.. É assim tão perigoso?
    Obrigada pela ajuda.
    Carla

    • Só será motivo para preocupação tensões demasiadamente elevadas, “maxima” 180 ou “minima” 120mmHg.
      Aqui podemos estar perante uma Crise Hipertensiva onde é preciso actuar de urgência!

      Apesar de saber pouco do seu contexto clínico (nem a sua idade sei…), a situação que descreve não me parece preocupante.
      No dia-a-dia é normal termos oscilações da tensão arterial.
      Basta pensarmos num exemplo simples da pratica de desporto.
      Quando o fazemos, o nosso coração bate mais rapidamente como resposta ao esforço.
      De igual modo a tensao arterial tambem sobe. Isto é um processo natural.
      Isto acontece quando se faz desporto, quando nos emocionamos, quando estamos nervosos, etc.
      Ou seja em situações que nos “activem”…

      Por este motivo a tensão arterial deve ser medida na posição sentada, depois de 5 minutos em repouso.
      Não se deve avaliar apenas uma medição isolada, mas sim o conjunto de várias medições em dias diferentes.
      Assim, quando se pretende determinar se uma pessoa é hipertensa, deve-se medir a tensão 2-3x/semana durante algumas semanas e avaliar as medições e todo o contexto pessoal dessa pessoa.

      A tensão deverá estar idealmente perto de 120/80 e dentro do possivel abaixo de 140/90.
      Se vir que isto não acontece procure seguir as indicações que escrevi no post do blog e consulte o seu médico assistente.

  11. Olá boa tarde, tenho 37 anos sou mulher, e apesar de ter sempre tensão entre 120/60 ultimamente tem andado cada vez mais baixa e sinto-me um pouco tonta, ontem medi e tinha 70/50 e de pulsações 75, isto poderá ser grave?

    • 70/50 ja é um valor de tensao bastante baixo e é natural que tenha alguns sintomas, nomeadamente tonturas, principalmente ao levantar-se rapidamente.
      procure ingerir mais liquidos e se os seus sintomas nao passarem dirija-se ao seu medico de familia.

  12. Olá Boa tarde
    Antes de mais, muitos parabéns, pelos comentários que dá a quem precisa, que por vezes se sente entre a espada e a parede, outras vezes com medo do médico, entre tantas outras razões, assim aqui fica a minha questão:
    Á cerca de 4 meses atrás que ando a medir a minha tensão 3 x por semana, pois o 1º episódio foi desesperante, fiquei com a minha tensão a 8-6, e a pulsação a 135, chorei que nem uma “Madalena arrependida”, não esquecendo que uma semana antes disto me acontecer passava os dias com dores de cabeça, sem forças nenhumas, cheia de tonturas e a tensão ou estava 10-8, ou estava a 12-10, como ficava a 8-6, após o meu episódio, fui ao hospital, em que o médico me disse que o que eu tinha tido seria um ataque de pânico, mas seria conveniente ir ao médico de familia, pelo que expliquei que não tinha, disse-me que tinha de ir ao centro de saúde, tenho lá ido dia sim dia não, mas sem sucesso, ora a questão é, será que tenho de ir de urgência outra vez para o hospital, para saber o que posso fazer, não esquecendo, claro que continuo com a tensão a 10-8, 8-6, continuo com as dores de cabeça, muito fraca e com tonturas.

    • fraqueza e tonturas podem ser sintomas de tensao baixa.
      procure ingerir mais liquidos durantes alguns dias para ver se melhora.
      a persistencia dos sintomas que descreve podem implicar uma investigação mais detalhada.
      deve procurar este acompanhamento no centro de saude
      mas se este nao der resposta, va a urgencia hospitalar de novo.


Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Categorias

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: