Publicado por: Elektro | 21 Fevereiro 2009

Tipo de Parto

“O governo espanhol está no caminho de uma consciência colectiva superior, ao aconselhar o parto natural.
Queria saber o que é que o ‘médico de mim’ tem a dizer sobre este aspecto?
Aconselhavas a tua mulher a ter um parto em casa?”

Uma questão pertinente de confronto entre uma sociedade cada vez mais consciente e uma ciência médica cada vez mais avançada tecnologicamente.

A experiência que tenho em Obstetrícia vem de duas (e enriquecedoras) passagens pela Maternidade Alfredo da Costa (MAC) em Lisboa. Centro de referência da obstetrícia em Portugal e tida em grande consideração também pelo público em geral.
Ora aqui, neste “hospital escola”, as coisas fazem-se segundo protocolos de actuação. Sendo um hospital de referência, estes protocolos não são importados de lado nenhum. Tem por base a tradição da casa (geração após geração) e as actualizações que os estudos consolidados vão introduzindo na prática.
Vi este processo acontecer, o que não quer dizer que aconteça sempre.

Em relação, à questão levantada, vou dividi-la em três pontos:

  1. Parto em casa ou no hospital
  2. Parto vaginal (natural) ou cesariana
  3. Separação da mãe e bébé

No ponto 1. para mim a resposta é clara: no hospital!
Em Portugal, não existe infraestrutura que possa dar resposta capaz e à distância às complicações que podem surgir durante o trabalho de parto. Ou seja, se algo correr mal e for necessário agir, nomeadamente através de uma cesariana, não existem mecanismos de resposta eficiente e atempados para acudir à mãe e filho. Pela informação que tenho paises como Holanda, que têm dado alguns passos no sentido de regressar ao parto em casa, procuraram instalar verdadeiros blocos operatórios de cesarianas móveis, para poderem darem uma resposta rápida em caso de dificuldades. Ainda assim, parece-me um risco grande e que não se justifica apenas por um maior conforto eventual da mãe. Poderá sim, reduzir-se ao mínimo a estadia de mãe e do filho no hospital. Uma tendência cada vez mais em voga e que me parece bem positiva.

Quanto ao método, e passando para o ponto 2., defendo o parto por via vaginal. Aqui sim é algo mais natural e deve ser priviligiado, a não ser quando há indicações precisas pré-parto ou complicações incontornáveis durante o trabalho de parto.
Aconselho a mulher e o casal a procurarem dentro da oferta pública e privada qual o local que acham mais confortavél e que oferece as melhores condições para este momento mágico da família. O próprio método vaginal tem inúmeras variantes posicionais que melhoram o conforto, dor, facilidade de expulsão, evolução do parto, etc. Este ponto merece investigação e conhecimento de preferência na primeira pessoa. De qualquer forma sem nunca descurar o ponto 1.

Finalmente em relação ao ponto 3., não vejo qualquer tipo de objecção. Aqui o médico que tem mais a dizer é o pediatra neo-natalogista, uma vez que é ele o responsável pelos cuidados de saúde imediatos do recém-nascido. Parece-me sem dúvida benéfico o contacto da mãe e do bébé. Parece-me mais natural e intuitivo. Imagino que possa tranquilizar tanto um como o outro, num momento bastante violento para ambos!
O obstetra deverá assentir a que o bebé permaneça junto da mãe, sem que isto o perturbe na sua actuação (o que a maior parte das vezes não acontecerá).
O pediatra deverá garantir que tem condições para avaliar convinientemente o bébé e se necessário afastá-lo da mãe durante o tempo necessário para garantir o seu bem estar.

É um momento único e precioso na vida de um casal.
Deve ser pensado e preparado para que corra o melhor possível.
Se é verdade que muitos hospitais têm boas condições técnicas para apoiar o parto, muitos hospitais carecem de uma maior humanidade.
Impõe-se proteger a família e dar todas as condições para que este momento único se torne numa experiência mágica!

Sites
http://www.quenoosseparen.info/


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: