Publicado por: Elektro | 7 Novembro 2010

Acesso à Especialidade 4 – O Cortar de Asas

No final de Janeiro passado saíram os resultados finais da Prova Nacional de Seriação (PNS) do Internato Médico de 2010 (concurso de acesso à Especialidade). Nove meses depois, deviam ter saído (no final de Outubro) as vagas e locais de realização da Especialidade. Neste momento, início de Novembro 2010, já perto do São Martinho, pairam no limbo mil e duzentos jovems médicos na expectativa da saída das vagas que ditarão o futuro da sua carreira médica e local onde viverão a partir de Janeiro de 2011. É verdade que estes médicos têm emprego garantido, mas em termos pessoais e profissionais vivem numa precaridade absurda!

Na actual calendarização, os candidatos fazem o exame em Novembro de determinado ano, sem saberem que vagas abrirão nesse concurso. Concorrem no vazio! Os resultados do exame saem em Janeiro do ano seguinte, mas apenas um ano depois, no mês de Novembro seguinte, saem as vagas e podem os candidatos (já seriados e à espera há muitos meses) começar a pensar no seu futuro. Depois da saída das vagas e de terem estado durante cerca de um ano em “banho-maria”, têm poucos dias para reflectir sobre as suas aspirações e hipóteses de colocação, para visitar e conhecer os potenciais serviços onde irão trabalhar durante os quatro a seis anos seguintes. Faz isto sentido? Fará sentido inscreverem-se num concurso sem saber quais as vagas a que se candidatam? Fará sentido estarem um ano na expectativa da saída das vagas, para depois quase não terem tempo para ponderar e conhecer os locais onde estas abriram?

Dos 1200 médicos candidatos a especialidade, os 10% primeiros estarão satisfeitos com os resultados otidos na PNS e poderão escolher o seu destino; os 20% seguintes ainda terão bastantes hipóteses de escolha; os que ficaram até meio da tabela ainda poderão pelo menos escolher entre a área Médica ou Cirúrgica; no entanto, os últimos 50%, ou seja, metade dos candidatos, estão “condenados” a não ter grande hipótese de escolha e terão de ocupar uma vaga nas poucas especialidades restantes, na maioria entre: medicina interna e medicina geral e familiar. Para cúmulo deste absurdo processo de escolha, o primeiro classificado de determinado concurso, ou seja, a pessoa que dos mil e duzentos tirou a melhor classificação nacional, poderá não ficar colocada na especialidade ou local que aspirava porque, por azar, nesse ano não abriram vagas nessa especialidade. Algo que ele não sabia quando fez o exame, uma vez que as vagas não são conhecidades nessa altura.

Por altura da afixação dos resultados finais da PNS e da ordenação nacional final, independentemente da sua ambição, mais de metade dos candidatos sentir-se-ão de alguma forma frustrados com todo este processo martirizante. Obviamente não podemos nem queremos todos ser cardiologistas ou neurocirurgiões, mas o que incomoda mais é todo este processo penoso e gerador de frustração (e, por vezes, situações mais complicadas…) E porquê? Porque os mais de mil médicos concorrem e entram num jogo ilógico, sem um objectivo directo visível, uma eventual sensação de fracasso desnecessária e ridícula, um stress e tensão mal dirigidos. Não faria mais sentido um concurso dirigido para as ambições de cada médico? Em que cada um concorria para as vagas e regiões desejadas, depois destas terem sido anunciadas?

O ponto que mais importa salientar não é a dificuldade do processo para atingir um objectivo, mas sim a demência de correr para o vazio, do esforço sem alvo e de todo um processo muito, muito pouco eficaz no seu objectivo último: a selecção das pessoas certas, para as especialidades certas!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: